Dicas

Não compre “gato por lebre”! Saiba identificar uma semi joia de qualidade.

Esse é realmente um assunto polêmico, uma vez que as diferenças, a primeira vista, são muito sutis e necessita-se de conhecimento para serem descobertas.

Para ter certeza que está adquirindo uma semi joia de boa procedência, observe os seguintes pontos:

  • Brilho, uniformidade e textura do banho: Uma semi joia de qualidade possui um brilho bem particular e muito próximo a peças em ouro maciço, além de ter uma cor muito uniforme, sua textura também deve ser isenta de imperfeições;
  • Preço: Sem dúvida o preço é um forte indicador, não quero afirmar que uma semi joia de qualidade deva ser cara, contudo lembre-se que o banho é em ouro, e a cotação do ouro é o mesmo para todos os fabricantes, confere? Desconfie de peças muito baratas, pois, essas podem estar recebendo uma espessura de ouro menor que anunciadas. Em últimos casos, envie algumas peças para uma empresa que faz análise de banho, hoje existem diversas no mercado;
  • Acabamento: Semi joias de qualidade com certeza terão um ótimo acabamento, sem rebarbas e defeitos, pois um bom banho possui um custo elevado e não teria lógica fazê-lo em peças de baixa qualidade de acabamento. Bons fabricantes usam liga de latão no metal base das semi joias;
  • Pedras, zircônias e pérolas: nas semi joias de qualidade as zircônias são cravejadas, ou seja, incrustadas nas peças, num processo que lembra a ourivesaria e não coladas. As pedras são fixas por garras fortes e bem acabadas. Já as pérolas, devem ser acrílicas de boa qualidade e com um bom verniz. Pérolas sem brilho e que arranham com facilidade revelam indícios de produto de baixa qualidade. As pérolas, essas sim podem ser coladas, visto que danificam se forem banhadas junto a peça.
  • Fechos, argolas e correntes: atenção para os itens de acabamento como: fechos, argolas e correntes, em peças de boa qualidade estes também serão de qualidade. Estes acessórios quando notadamente apresentam certa fraqueza e acabamento ruim são um grande indicador de que a semi joia não seja confeccionada com bons materiais. Do mesmo modo, correntes fracas que aumentam de tamanho ao serem esticadas ou que arrebentam constantemente também indicam que o fabricante está usando materiais de baixa qualidade;
  • Garantia: Uma semi joia de qualidade com certeza terá um período de garantia do fabricante, o que vai demonstrar que a empresa confia e afirma que está vendendo um produto legítimo e de boa procedência.
  • Pinos e soldas: os pinos de brincos não podem quebrar ou ficarem moles ao menor manuseio, soldas de baixa qualidade são “secas”, ou seja, quebram com facilidade e deixam os pinos moles. As soldas de qualidade devem ser feitas com maçarico e se fundirem a peça.
  • Metal base: Alguns fabricantes usam na produção das peças um material chamado “baixa fusão”, essa liga além de baixo custo é fraca e mole, não se consegue um bom acabamento, deixa rebarbas e não adere a camada de ouro da mesma forma que uma semi joias produzida em liga de latão. Sempre pergunte ao fornecedor qual metal base ele usa na fabricação das peças! Se for “baixa fusão” não compre.

Queridos amigos, espero que este post tenha alcançado seu objetivo em ajudá-lo a identificar uma semi joia de qualidade, pois isso contribuirá para o seu sucesso como revendedor e a você consumidor a comprar peças que ficarão por muito tempo bonitas em seus guarda-roupas!

Sempre pergunte ao fornecedor detalhes de banho e material que é usado na confecção das peças!

Leia também

Garantia do Banho

Vendedor autônomo de semi joias, ser ou não ser?

 

 

Gostou? Curta e siga!
Facebook
Instagram
Google+
YouTube